Total de visualizações de página

Pesquisar no blog

Carregando...

quarta-feira, 28 de março de 2012

Qual a Importância do Alongamento?

Bom dia amigos e amigas!

Hoje trago um texto bastante interessante
sobre a temática alongamento.

Saliento de antemão que essa deve ser uma prática,
incorporada por todas as pessoas no cotidiano.

Relaxar o corpo, ter uma postura correta, melhorar a circulação sangüínea, acabar com dores musculares e até cólicas menstruais. Esses são alguns dos benefícios que, segundo os especialistas, podem ser conseguidos com a prática de alongamento, que é composto por uma série de exercícios de movimento estático, que trabalha a musculatura e postura corporal na parte cervical, coluna, membros e regiões pélvica, torácica e lombar.
A musculatura se contrai nas atividades que fazemos diariamente ou pela postura incorreta. O alongamento vai justamente relaxar o estresse muscular, causado por um trabalho repetitivo. O corpo, após as diversas atividades do dia, tem a necessidade de passar por uma sessão de relaxamento, o que vai trazer o equilíbrio do corpo e da mente.
Qualquer pessoa pode e deve fazer alongamento. O melhor horário para se fazer os exercícios é de manhã. Nesse horário o corpo está vindo de horas de relaxamento provocadas pelo sono, se preparando para iniciar um dia de atividades. Espreguiçar-se de manhã já é uma forma de colocar o corpo em movimento. Nessa hora ele está menos flexível do que à tarde. Mas para as pessoas que têm um dia de trabalho muito repetitivo e de má postura, como usuários de computador ou dentistas, o ideal é que também se faça alongamento após o trabalho.
Antes da atividade física o objetivo do alongamento é evitar lesões. Depois, relaxar naturalmente a musculatura. Uma pessoa muito musculosa pode ter dificuldade em conseguir alongar por causa do encurtamento dos músculos. Se for seu caso, peça auxílio a um professor.
Uma boa dica para melhorar a amplitude do movimento é soltar todo o ar dos pulmões. A genética determina se uma pessoa é mais ou menos flexível. Existe um limite, mas é claro que é possível melhorar.

Att. Bruno José Gabriel

Nenhum comentário:

Postar um comentário